Buscar
  • Destrava Línguas

As crianças podem ter problemas na VOZ?

Sendo hoje o dia Mundial da voz, falemos de voz!


A voz é o meio de expressão e de comunicação mais comum. É com a voz que a criança dá a conhecer as suas vontades, os seus desagrados, os seus desejos...

A disfonia infantil é uma problemática cada vez mais frequente, em que existe uma alteração da qualidade da voz, como por exemplo uma voz rouca.


Os motivos podem ser variados mas normalmente prendem-se com questões de mau uso e abuso vocal, incoordenação dos intervenientes do sistema fonatório (ex. parece que falta o ar), gritar, falar alto ou tensão excessiva, são alguns exemplos que vos podemos dar.


É possível que estejam a pensar: "são crianças e vão sempre gritar ou ter brincadeiras barulhentas", isso é um facto mas, considerem que a fronteira entre o normal e o patológico não é assim tão grande.


O terapeuta da fala pode atuar, de preferência antes de se instalar uma problemática ou após, para tentar prevenir, reduzir ou minimizar o impacto do mau uso e abuso vocal e atuar ao nível da saúde vocal. Claro que aqui a mudança de comportamentos é um fator crucial, e o trabalho em equipa, incluindo a família e a escola, é sempre essencial.




Lembrem-se, sejam crianças ou adultos, devem consultar um especialista caso existam sintomas que persistam por mais de duas semanas, como rouquidão, tensão, cansaço ou perda de voz, dores de garganta, dificuldade em engolir ou secura de garganta.


Tem alguma dúvida ou questão? Estamos cá para ajudar.

15 visualizações

CONTACTOS

Tel: (+351) 918 483 143

E-mail: destravalinguas.saude@gmail.com

HORÁRIOS 

Segunda a Sexta: 09:00 – 20:00

​Sábado: 09:00 - 18:00

Lisboa | Campo Grande

Oeiras | Queluz de Baixo

 REDES SOCIAIS

  • Facebook

DestravaLinguas.saude/

  • Instagram

destrava_linguas

© 2019 por Destrava Línguas, Lda